Caso de Queiroz vai para grupo de combate à corrupção

O Gaecc, grupo do MP-RJ especializado no combate à corrupção, entrou na investigação de Fabrício Queiroz e de outros ex-assessores de Flávio Bolsonaro.

O trabalho do grupo se estenderá a outros parlamentares e assessores da Alerj que tiveram movimentações atípicas detectadas pelo Coaf.

Leia em Crusoé:

Caso de Queiroz vai para grupo de combate à corrupção

Comentários

  • Maurício -

    A investigação do MP está em andamento e os petralhas, inclusive os que se passam nos comentários por eleitores de Bolsonaro, já entendem que é caso de condenação do Queiroz e do Flávio.

  • Juliana -

    Quem rouba tem que ser punido, sim: pena de acordo com o crime - quero dizer com isso que como o PT roubou demais tem que ser super punido . O PT e seus cupinchás roubaram muito mais.

  • Juliana -

    Elegemos o Bolsonaro por causa da bandeira politica dele, que pregava o combate à corrupção. Se for para roubar igual ao Lula, pode ir caindo fora e deixar o poder pro Mourão.

Ler 34 comentários