Caso Flordelis parado: "Entreguei meu relatório no dia 1º de outubro"

Caso Flordelis parado: “Entreguei meu relatório no dia 1º de outubro”
Arte: O Antagonista

Como relembramos no último sábado, a Mesa Diretora da Câmara, conduzida por Rodrigo Maia, ainda não se reuniu para dar continuidade ao caso da deputada federal Flordelis (PSD), mandante da morte do próprio marido, segundo as investigações policiais.

Em seu relatório, o corregedor da Câmara, Paulo Bengtson (PTB), recomendou que o processo seja levado ao Conselho de Ética, que deverá decidir pela cassação ou não do mandato da deputada, antes de o caso ir para o plenário.

“Sem previsão de reunião da Mesa Diretora. Entreguei meu relatório no dia 1º de outubro. O povo tem cobrado uma ação rápida”, disse Bengtson a O Antagonista.

Rodrigo Maia está com o parecer do corregedor há 20 dias.

Leia mais: Exclusivo: a casa secreta de Brasília onde ministro conspira contra ministro
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 24 comentários
TOPO