Caso Marielle: assessora e Freixo depõem hoje

Telegram

A polícia vai ouvir hoje, registra o G1, o deputado estadual Marcelo Freixo e, mais uma vez, a assessora de Marielle Franco que sobreviveu ao ataque que matou a vereadora e o motorista Anderson Gomes.

Comentários

  • Carlos -

    Eu fiquei pensando: "Ué, TODA a imprensa, os ESPECIALISTAS EM SEGURANÇA, o Papa, o gato, o rato, enfim, todo mundo fala que o crime foi cometido por profissionais. Mas que profissionais são esses que DEIXAM TESTEMUNHA VIVA em um caso que iria causar tamanha repercussão e investigação policial? Qual o objetivo?"

  • Marco -

    Porque perder tempo com a Polícia que despreza e de quem prega a extinção ? Marcelo Freixo agilizaria o processo se consultas se diretamente aos traficantes de.drogas e chefões dos cartéis do crime organizado a quem representa e defende.

  • Cirval -

    Que me desculpem pela má língua, mas achei esquisito a forma com que os criminosos atiraram na Marielle, de modo que atingiram-na e ao motorista, deixando a sua assessora intacta. Em casos semelhantes, os assassinos param ou voltam para completar o serviço, ou seja, eliminam eventuais testemunhas. Por que pouparam a assessora?

Ler 17 comentários