ACESSE

Caso Marielle: os alvos da operação de hoje

Telegram

A Polícia Civil do Rio de Janeiro, como registramos mais cedo, deflagrou a Operação Submersus e cumpriu cinco mandados de prisão relacionados ao assassinato de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

A força-tarefa busca esclarecer o descarte da arma usada no atentado.

O PM reformado Ronnie Lessa, já preso na Penitenciária Federal de Mossoró (RN), foi alvo de novo mandado de prisão.

Foram presos hoje:

— Elaine Lessa, mulher de Ronnie;

— Márcio Montavano, o Márcio Gordo. Segundo investigadores, ele teria tirado as caxias de armas de dentro do apartamento de Ronnie e Elaine Lessa;

— Bruno Figueiredo, irmão de Elaine;

— Josinaldo Freitas, o Djaca. Segundo investigadores, teria contratado taxista para levar as armas até o Quebra-Mar, na Barra.

O NOVO GOLPE DOS HACKERS (AGORA CONTRA NÓS). SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Enoy -

    .......caxias de armas.....ou caixas de armas? Não em revisor?

  • EDUARDO -

    O vizinho foi preso? É o Queiroz né?

  • Carlos -

    Na matéria faltou dizer que Djaca tinha fotos com jair e Carlos Bolsonaro.

Ler 12 comentários