ACESSE

CCJ do Senado aprova projeto que criminaliza caixa 2

Telegram

A CCJ do Senado aprovou nesta quarta-feira o projeto que criminaliza o caixa 2. Foram 17 votos favoráveis ao texto e apenas dois contrários.

Como a votação foi em caráter terminativo, não é necessário que o texto passe pelo plenário. Ele segue direto para a Câmara.

A criminalização do caixa 2 é uma das propostas do pacote anticrime de Sergio Moro — reapresentado no Senado por Eliziane Gama, do PPS do Maranhão, para correr em paralelo ao projeto da Câmara.

A senadora foi ao Twitter para celebrar a aprovação.

O texto estipula uma pena de até 5 anos de prisão — que pode chegar a 8 em alguns casos.

Na semana passada, conforme noticiamos, o senador Marcio Bittar, do MDB do Acre, havia apresentado o seu parecer favorável à criminalização do caixa 2, com algumas modificações.

O projeto aprovado hoje na CCJ é um dos três que compõem o pacote anticrime de Moro. Eles tramitam de forma separada no Senado.

O bilionário “excêntrico com ideias voláteis e dinheiro de sobra” que financia o site de Glenn Greenwald. SAIBA MAIS

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 23 comentários