ACESSE

CCJ termina sessão sem votar urgência para abuso de autoridade

Telegram

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado terminou a sessão sem aprovar requerimento de urgência que possibilitaria a votação do projeto contra o abuso de autoridade no plenário.

Davi Alcolumbre pautou a proposta para hoje, como registramos, mas, em tese, a votação fica impedida sem o aval da CCJ.

A proposta pretende punir juízes e procuradores que agirem de modo “desidioso” e sem decoro ou que opinem publicamente sobre processos.

Alcolumbre manterá o projeto na pauta do plenário sem realização de audiência pública, sem análise da CCJ, sem requerimento de urgência, sem nada?

MENSAGENS DE MORO ROUBADAS E VAZADAS: SERVIÇOS SECRETOS ESTRANGEIROS ENVOLVIDOS? Leia aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários