"Cedo ou tarde, julgaremos Bolsonaro"

“Cedo ou tarde, julgaremos Bolsonaro”
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Fernando Gabeira, no Estadão, fez sua leitura dos episódios da semana:

“Enquanto os líderes mundiais lançavam um comunicado considerando a pandemia o maior problema da humanidade desde a 2.ª Guerra, aqui, no Brasil, Bolsonaro quis dar um golpe para evitar o combate eficaz contra o coronavírus.

Para Gabeira, as trocas no Ministério da Defesa e nas Forças Armadas tinham a intenção de “neutralizar pela força as medidas restritivas que os governadores impuseram em seus Estados para salvar vidas”.

“Um presidente incapaz, entregue no campo político à voracidade dos seus aliados do Centrão, buscando de todas as maneiras sabotar a luta contra a pandemia – tudo isso compõe um cenário desolador, sobretudo porque a sociedade está reduzida, no momento, a protestos virtuais”, acrescentou mais adiante, emendando que “cedo ou tarde, julgaremos Bolsonaro”.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO