Celso Amorim quer frente ampla 'um pouco à direita' contra Bolsonaro

Celso Amorim, o ex-chanceler de Lula, defendeu hoje a formação de uma frente ampla “deslocada um pouco para a direita” para fazer oposição a Jair Bolsonaro, registra o UOL.

“No momento, o país exige uma frente ampla democrática em que a linha divisória vai ter que se deslocar um pouco para a direita porque, se não, nós não sobreviveremos”, disse em evento da Fundação Perseu Abramo, ligada ao PT.

Amorim afirmou ainda que faltou aos petistas entender o “fenômeno Bolsonaro”.

“O candidato da extrema direita foi capaz de captar algum elemento de comunicação popular que nós temos que estudar e entender, não adianta só negar. Claro que é horrível, mas aconteceu, é real.”

Comentários

  • Amadeu -

    O PT só entendeu de "roubalheira" e o fenômeno não é o Bolsonaro mas o eleitor. Esse senhor acabou com a diplomacia múltipla que sempre tivemos antes do PT, com a visão sul-sul.

  • GreloDuro -

    Pintassilgo é o cara, o planeta inteiro o reverenciará, ouvirá e apoiará.

  • Flávio -

    Celso Amorim, safado que ajudou a afundar o Brasil com acordos comunistas pelo mundo a fora.

Ler 173 comentários