Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Celso de Mello denuncia a farsa bolsonarista

O ex-ministro do STF comparou nota assinada por Jair Bolsonaro ao acordo de paz que abriu o caminho para Hitler
Celso de Mello denuncia a farsa bolsonarista
Foto: STF

Celso de Mello comparou a nota assinada por Jair Bolsonaro ao Acordo de Munique, que abriu o caminho para Hitler.

Em mensagem enviada a Diego Escosteguy, ele denunciou a “personalidade autocrática” do presidente e sua “comprovada disposição” em “ultrajar a Constituição e ignorar os limites que a Carta Política impõe aos seus poderes”. 

Em seguida, ele perguntou:

“A (nota) constituiria mero recurso estratégico de Bolsonaro para iludir, mediante conduta desqualificada e tisnada pela eiva da farsa, aqueles que, fieis à Constituição (como os Juízes do Supremo Tribunal Federal), buscam implementar o necessário convívio harmonioso entre os Poderes da República?”.

Celso de Mello aludiu ao risco de um golpe por parte “daqueles que nutrem visceral desapreço pelo regime das liberdades fundamentais e pelo texto da Constituição” e sugeriu um amplo movimento “para resistir e frustrar qualquer subversão da ordem democrática (que traduz infame e desprezível ofensa à supremacia da Constituição)”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO