Celso de Mello e o “Direito Perdido nos Gabinetes”

O voto soporífero de Celso de Mello, ontem, teve uma passagem que tirou por um momento os ouvintes dos braços de Morfeu.

Ele disse que a absurda quantidade de recursos disponíveis para advogados de criminosos não era culpa da Justiça, mas responsabilidade do Legislativo.

Não é bem assim. Celso de Mello sabe perfeitamente que um juiz diligente, em qualquer instância, pode identificar e barrar recursos meramente protelatórios. Exemplo disso é Sergio Moro. Para não falar da capacidade do Judiciário de pressionar o Legislativo no sentido de implementar mudanças nas leis penais que agilizem os processos.

Se um juiz não enfrenta recursos protelatórios, é porque é adepto do “Direito Perdido nos Gabinetes”, tão danoso quanto o “Direito Achado na Rua”.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

  1. Mas, a parte jurídica da tal “Constituição Cidadã” foi feita de propósito pelos diligentes constituintes de plantão, dentre eles, um ex-ministro do STF, que declarou, ano passado, que aqueles artigos que tinham textos muitos rígidos e previam não seriam aprovados, tinham suas palavras ou sentido, flexibilizados ou suavizados, e assim ganhavam aceitação e iam compor o corpo da CF, como se viu.

Ler mais 56 comentários
  1. Mas, a parte jurídica da tal “Constituição Cidadã” foi feita de propósito pelos diligentes constituintes de plantão, dentre eles, um ex-ministro do STF, que declarou, ano passado, que aqueles artigos que tinham textos muitos rígidos e previam não seriam aprovados, tinham suas palavras ou sentido, flexibilizados ou suavizados, e assim ganhavam aceitação e iam compor o corpo da CF, como se viu.

  2. Este Ministro demonstra, de maneira óbvia, a desconexão entre o mundo real e o mundo ilusório em que ele está inserido. E como trazer o mundo real para a análise? Através de dados analisados estatisticamente como apresentou o Ministro Barroso, que demonstram claramente que os argumentos sustentados por Celso de Mello não resistem à uma análise estatistica e servem apenas para perpetuar a corrupção no nosso país. Realmente, o melhor que ele poderia fazer seria se aposentar.

  3. Celso de Mello está se tornando cada vez menos influente, adepto do direito mumificado, empoeirado, baseado em constituições ultrapassadas do século passado, personagens mortos há décadas e países pouco representativos no mundo desenvolvido.
    Há muito tempo me desencantei com seu empolamento que tenta dar aparência de erudição, mas que não trata da realidade brasileira. Ele parece não viver aqui.

  4. Juízes que fazem citações em outras línguas, falam de leis franceses que nem existem mais, dizem mentiras históricas de outros povos, juízes assim não fazem justiça, simplesmente e tão somente procuram legitimar as suas decisões facciosas.

  5. Confesso que sempre tive o maior apreço e respeito pelo Dr.Celso de Mello. Pareceu-me sempre uma juiz isento, equilibrado, estudioso, às vezes detalhistas em excesso. Mas pelo andar da carruagem e principalmente depois de alinhar-se à 2ª Turma com o Trio Ternura parece estar jogando a carreira e o passado no lixo.

  6. O poodle do Sarney “latiu” mais de uma hora. Ninguém entendeu nada, muito menos os estudantes de direito que estavam na platéia. Mas o meu vira lata adorou o “latim” do juiz de mer.da.
    O Beiçola ChupaRola é o ídolo do meu vira lata. Kkkkkkkkkk.

  7. Como advogado, quase nunca vi um juiz condenar advogado por litigância e má-fé ou por recurso protelatório. O próprio judiciário é leniente com essas manobras. Foi de Celso de Melo, o pomposo, o voto mais esdrúxulo. Ele utilizou de toda a sua sabedoria para prestigiar o criminoso e o atraso.

  8. Na Inglaterra, um advogado q adote essa prática de recursos protelatórios é denunciado pela própria Justiça e pode ter seu registro profissional cassado. Há sim excesso de brechas p recursos, mas o pior é não haver nenhuma ferramenta para impedir esse procedimento q, na prática, inviabiliza a justiça.

  9. Esses magistrados que falam latim não entendem nada de direito. Quanto mais falam o latim, mais estão enrolando.
    O Gilmar Beiçola ChupaRola é o campeão em enrolar a plateia.

  10. Quando Rosa Weber começou a revelar seu voto, a reação da turma do Lula (os Lula5) foi visível. Tentaram tumultuar interrompendo o voto mas ela não se intimidou. Reagiram como se lhes tivesse falecido a mãe. Surpreendentemente, o menos abalado era o Toffoli, petista notório!

  11. A DUPLA TIMÉLUS DE REIS SÓIS MAIS O CACHORRO LEWANDOSKY
    DEVEM FICAR NÚS EM PRAÇA PÚBLICA E COBERTOS POR OVOS
    E TOMATES PODRES, MAS O GILMAR DEVE SER ANIQUILADO.

  12. Esse Celso de Mello é chato prá carvalho….
    O cara se acha o máximo, acha q está dando aula para o primeiro ano de direito com direito a plateia.
    Seja mais objetivo, apresente ideias prá melhorar a justiça, q é uma me…rda.
    Ou então se aposentar e vai cuidar dos seus netinhos, Se eles aguentarem.

  13. MORO E CONGÊNERES AINDA ANÔNIMOS . . . VIVA!!!

    Se um juiz não enfrenta recursos protelatórios, é porque é adepto do “Direito Perdido nos Gabinetes”, tão danoso quanto o “Direito Achado na Rua”.

    VALE UMA MOLDURA!

  14. O voto desse demagogo velho foi bem petista: jogou a culpa de tudo nos outros. E ainda teve a pachorra de reclamar do Regime Militar, sendo que ele estava querendo soltar o Lula, que é defensor de uma ditadura comunista no Brasil. Mais ridículo que esse gordo velho e comprado, impossível!!!!!

  15. O voto dele foi bem petista: jogou a culpa de tudo nos outros. E ainda teve a pachorra de reclamar do Regime Militar, sendo que ele estava querendo soltar o Lula, que é defensor de uma ditadura comunista no Brasil. Mais ridículo que esse gordo velho e comprado, impossível.

  16. Esse site deveria cogitar da possibilidade de passar a fazer jornalismo de verdade. Ser menos militante e mais leal ao código de ética que rege a profissão de jornalista.
    O voto do Ministro Celso de Melo foi longo, mas excelente. Não acredito que esteja mancomunado com Lula, PT et caterva. Acho que defendeu com maestria aquilo que realmente acredita.
    Minha opinião é de que o HC tinha que ser denegado, por não ter constrangimento ilegal, uma vez que a decisão do TRF e do STJ basearam-sem em entendimento recente do próprio STJ. A admissão da execução antecipada da pena, após o esgotamento dos recursos de segunda instância, já é outra discussão bem maior e muito mais complexa. https://www.conjur.com.br/2018-abr-04/veja-dez-constitucionalistas-dizem-prisao-antecipada

  17. sem querer, na sua senectude, celso de melo deu a dica para o congresso atualizar o cpc, e aproveitar o momento e acabar com toda essa orgia de direitos do stf, inclusive dando nova forma para a indicação dos onze togados: cheg de ter ministro indicado por ter sido advogado do ParTido! chega de ter ministro indicado pela amiga da sogra! e vai em frente!!!

  18. O descompromisso com o sistema, com a realidade, com a completude e com a visão geral das coisas é impressionante. Celso de Mello parece um robozinho: chegou ao STF ele faz voto gigante narrando a história daquele direito e o resto, ah o resto que se exploda! Explicamos: o resto é a quantidade de pessoas vítimas da corrupção (hospitais caindo aos pedaços, desempregos, escolas rurais sem estrutura, crianças passando fome nas escolas, policiais morrendo por falta de estrutura) essa é o resto. Não é o INCISO de uma Constituição com 250 artigos (fora os incisos e o ADCT com 114 artigos) que manda. Ele disse que tem que valer a regra ABSOLUTA E ISOLADA de 1 inciso (que não nega prisão nem em 1ª Instância!): e por que não fez o mesmo quanto ao casamento Celso de Mello?Responda aqui abaixo!

    1. ESSE SENHOR ONTEM MOSTROU COM TODA SUA ELOQUENCIA QUE NÃO PASSA DE UM CAPACHO DA ORCRIM… ESTÁ LA APENAS PARA “CARIMBAR” O QUE É MANDADO…

  19. esse decano obsoleto, boquirroto e ultrapassado perdeu a oportunidade de sua vida ao deixar de se aposentar durante o mensalão!
    vive em contradição desde que foi cooptado ao emitir os famosos embargos infringentes!
    temos, desde então, um stf que não é a última instância pois seus julgados sempre poderão ser contestados em alguma outra corte quiçá existente: oea, onu e o escumbau!!!!
    ele já está gagá há muito tempo e ainda ninguém o avisou!!!!!!!!!

  20. É estranho olhar para alguém e sentir nojo e ânsia de vômito. Foi o que senti assistindo esse e o outro Mello falando. A empáfia, o trololó tentando justificar o porque defende corruptos, assassinos e tais…Blarghhh!!!

  21. Tem é que colocar pessoal de Exatas nessa bagunça e deixar tudo preto no branco. Todo esse rolo é por que na “Constituição Cidadã” de 88 não diz: Prende se for condenado em segunda instância. Ponto. Aí ficam de lero-lero, juridiquês pra lá e pra cá e está essa naba que está. É óbvio que as coisas são assim para facilitar tudo para quem comete crime.

    1. ESSA CONSTITUIÇÃO DE 1988 TEVE A INSERÇÃO DE VÁRIOS ARTIGOS E INCISOS SEM VOTAÇÃO NA ASSEMBLEIA CONSTITUINTE, OBRA ESTA DE UM VULGO SENHOR QUE FOI MINISTRO: NELSON JOBIM.

  22. O voto de Celso de Mello é uma aviso, para os ainda inocentes, que continuam caindo na conversa desonesta de que não há “isso de esquerda e direita”. O voto do Ministro foi do começo até o fim totalmente ideológico, totalmente comunista. Chegou ao absurdo de ventilar, que todos países da ONU eram fascistas e que todos eram intolerantes. Acordem amigos comentaristas, há sim esquemas ideológicos tramados nos bastidores, e sim, há também corrupção de cunho ideológico. Já esqueceram o porto de Mariel e outros casos do BNDES? Devemos combater os corruptos e corruptores, mas também devemos combater os criminosos de ideologias nefastas. Vote contra o sistema, ou seja escravo do mesmo!

    1. ESTE SENIL FAZ TEMPO QUE ANDA DEIXANDO AQUELE MARCO NA CIROLA QUE VESTE JUNTO AQUELA CAPA PRETA: A MARCA DA FREADA…

    2. Perfeito, no voto do Decano Caipira, insinuou que somente regimes fascistas adotam a prisão em primeira e segunda instância. Pela lógica deste canalha, ontem o mundo tinha 193 países governados por regimes fascistas e a partir da meia noite de ontem 194, incluindo o Brasil. Nenhuma voz para corrigir esta aberração.

  23. “Para não falar da capacidade do Judiciário de pressionar o Legislativo no sentido de implementar mudanças nas leis penais que agilizem os processos.”
    Ocorre que a maldita OAB faz muito mais pressão baseada no corporativismo do capeta deles… então, todas as mudanças na Lei são sempre em benefício dos advogados, e nunca da vontade popular, da representação daquilo que o povo realmente quer.

  24. Celso de Mello conseguiu transformar o conceito de decano em algo pejorativo.
    Como os votos são proferidos dos integrantes mais novos aos mais antigos, fica muito clara a divisão de gerações. Os antigos lutando para manter as coisas como estão, a velha política, e os mais novos tentando arejar a Corte.

  25. Muito bem, mas esse post deveria incluir também algo que ele pronunciou no mesmo momento:
    ele sugeriu no mesmo voto:
    passar por cima da Lei da Ficha Limpa e considerar inelegível apenas após o trânsito em julgado!!!

    “…quando não interessa, cabe ao Congresso, quando interessa, passo por cima da lei.”
    é muita cara dura prum voto só!

  26. É verdade. O STF, cujos alguns dos membros passeiam pela europa constantemente em vez de trabalhar e não tem os dias descontados nem são exonerados por faltas, possui milhões de processos parados há 20, 30 anos ou mais.

    1. MEU VOTO FOI, É , SERÁ… DO BOLSONARO E DE QUEM MAIS ELE INDICAR. VAMOS FAZER UMA FAXINA NO CONGRESSO NACIONAL EM 2019 E REFORMAR OS TRIBUNAIS SUPERIORES