ACESSE

Celso de Mello prorroga inquérito sobre Bolsonaro

Telegram

Celso de Mello acaba de prorrogar, por mais 30 dias, o inquérito sobre a interferência de Jair Bolsonaro na Polícia Federal.

A delegada responsável pelo caso, Christiane Corrêa Machado, pediu mais tempo para concluir diligências pendentes — o prazo para o encerramento era 8 de julho e agora será 8 de agosto.

“Concedo, por mais 30 (trinta) dias, a dilação de prazo ora postulada pela ilustre autoridade policial federal, para efeito de realização de diligências investigatórias ainda pendentes (ou que se façam eventualmente necessárias) quanto ao inquérito policial em referência, considerada a iminência do encerramento do prazo anteriormente deferido. A prorrogação que venho de conceder terá início a partir do dia em que se encerrar o prazo que ora se acha em curso. Comunique-se à douta Procuradoria-Geral da República e à Polícia Federal. Publique-se. Brasília, 01 de julho de 2020.”

É a segunda prorrogação do inquérito.

Leia mais: A estratégia de Bolsonaro para chegar ao fim do mandato

Comentários

  • Osmar -

    E quem fiscaliza os desmandos destes sujeitos do STF? Vivemos a ditadura das togas, que protege os corruptos do senado e da câmara que por sua vez protegem a banda podre do STF

  • Jose -

    Leia o livro do Saulo Ramos para saber quem é Celso Mello.

  • Rafael -

    Aras Bolas só pensa em acabar com essa agonia e levá-la pra gaveta. Causa-lhe arrepios se indispor com seu amo.

Ler 57 comentários