Celso de Mello: "Repressão não pode desrespeitar direitos fundamentais"

No voto sobre a prisão em segunda instância, Celso de Mello repetiu bordão de Gilmar Mendes segundo o qual o combate ao crime não pode transgredir a lei e os direitos dos réus.

“A repressão a qualquer modalidade de crime não pode efetivar-se com desrespeito e transgressão à ordem jurídica e aos direitos fundamentais daquele que sofre a investigação penal ou a persecução criminal”, disse o decano.

Comentários

  • Edival -

    Direitos fundamentais inclui ter seu processo de corrupção engavetado por mais de 10 anos ministro? ou apenas quando o réu é um ex governador do Acre?

  • Bento -

    ...apenas um abjeto v@gabundo !

  • Marcos -

    Como bem disse Saulo Ramos, "só sei que você é um juiz de merda!"... Ficou comprovado! Alguma dúvida?

Ler 53 comentários