ACESSE

Celso de Mello mantém Joice na Secom da Câmara e barra tentativa de enganá-lo

Telegram

O ministro Celso de Mello manteve hoje a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) no comando da Secretaria de Comunicação da Câmara (Secom). Com isso, barrou uma tentativa de deputados bolsonaristas de enganá-lo para prejudicar uma adversária.

Os parlamentares foram ao Supremo reclamar de um tuíte do perfil da Câmara que os acusava de divulgar informação falsa. E diziam que a culpa era de Joice, que no dia anterior tinha sido nomeada secretária de comunicação.

Só que o Twitter da Casa é de responsabilidade da Secretaria de Participação, Interação e Mídias Digitais (Semid), comandada por Orlando Silva (PCdoB-SP).

Os bolsonaristas tinham ido ao STF porque espalharam no Twitter que um projeto sobre medidas de combate à pandemia obrigaria as pessoas a usar máscara dentro de casa, o que não era verdade.

O perfil da Câmara explicou a fake news, e parlamentares como Carla Zambelli (PSL-SP) e Carlos Jordy (PSL-RJ) tentaram responsabilizar Joice pelo desmentido, numa forma de retaliação pela participação dela na CPI das Fake News.

Celso matou a tentativa na noite de hoje.

Leia mais: A guinada de Bolsonaro para ficar no poder

Comentários

  • Paulo -

    Basta que se compare essa decisão com a decisão do Alexandre de Moraes contra a nomeação do Ramagem para entender a conspiração que é perpetrada: o que vale para o R Maia não vale para o BOLSONARO.

  • Maria -

    Tomou, distraídos?

  • Arthur -

    ANTAS, Joice, Celso de Melo, FHC, Diálogo Interamericano, Nova Ordem Mundial: é uma balaio de canalhas contra o Brasil.

Ler 47 comentários