Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Centrão aposta na estupidez do brasileiro

Centrão aposta na estupidez do brasileiro
Foto: Pedro França/Agência Senado

Ciro Nogueira, fiador de Jair Bolsonaro no Centrão, aposta na estupidez do brasileiro.

Ele disse para a Folha de S. Paulo que, até 2022, o eleitorado já terá esquecido a hecatombe da Covid:

“Não posso falar pelo Centrão como todo, mas existe uma certeza na minha cabeça que vamos estar com ele agora e na eleição de 2022. Bolsonaro já teve momentos bons e ruins, sempre oscilando, mas a gente tem certeza que o Bolsonaro que vai disputar a eleição é o do próximo ano, não o de hoje. Não vejo a menor perspectiva de não estarmos com ele.”

Nem ele, porém, aprova o desempenho do presidente na gestão da epidemia:

“Não está num momento bom. Ele perdeu a narrativa da vacina. Ele vinha muito bem. Até porque, na minha opinião, nunca tivemos um governo que desse tanta assistência e suporte a governos, população, empresas, como o presidente agora. Sua narrativa da vacina, do isolamento social, da máscara, foi um erro, que acabou afetando sua imagem, com certeza.”

Sobre o impeachment, segundo ele, não importa o número de mortes:

“Zero. Nenhuma chance. As pessoas que têm seriedade no país não discutem isso. Imagina o país entrar agora num momento de instabilidade, de impeachment, seria o fim do mundo. Quem defende isso é um irresponsável. E não conheço uma pessoa no Congresso que defenda isso.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO