ACESSE

Centrão na Saúde

Telegram

Ricardo Barros, o cacique do Centrão que assumiu o papel de líder do governo, conquistou o bolsonarismo.

Segundo Bela Megale, ele “tem chance de substituir o general Eduardo Pazuello no comando do Ministério da Saúde”, cargo que já ocupou no governo de Michel Temer (e pelo qual foi denunciado por improbidade administrativa).

Jair Bolsonaro não salva vidas, mas está salvando um monte de figurinhas do Centrão.

 

Leia mais: Gleisi e Bolsonaro do mesmo lado

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 23 comentários