Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Centrão peita os militares

Lideranças políticas acreditam que vazamento da suposta ameaça que teria sido feita por Braga Netto é parte da 'guerra' na coxia do Planalto
Centrão peita os militares
Foto: Pedro França/Agência Senado

Lideranças políticas em Brasília suspeitam que a informação da ameaça às eleições de 2022 feita pelo ministro da Defesa, Walter Braga Netto, publicada pelo Estadão, tenha sido vazada por expoentes do Centrão.

A intenção, na avaliação desses políticos — que acreditam no teor da conversa, embora julguem ser “bravata” do general –, seria desgastar ainda mais a ala militar, que está sendo engolida pelo grupo fisiológico do Congresso que ocupou o Palácio do Planalto, com a anuência de Jair Bolsonaro.

Na semana que vem, o senador Ciro Nogueira, presidente do PP, deverá ocupar a Casa Civil, no lugar do general Luiz Eduardo Ramos. Hoje, Bolsonaro admitiu que é do Centrão.

Bolsonaro vem ouvindo há meses críticas de lideranças partidárias sobre o trabalho de Ramos, que, curiosamente, foi quem ajudou a abrir as portas do Planalto para Ciro Nogueira e companhia.

Mais notícias
TOPO