Centrão quer coronavoucher acima de R$ 300

Centrão quer coronavoucher acima de R$ 300
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Líderes do Centrão já admitem nos bastidores que vão trabalhar para que o novo auxílio emergencial seja de, no mínimo, R$ 300. A equipe técnica do governo defende que o novo coronavoucher seja de R$ 200.

Nas palavras de um importante aliado de Jair Bolsonaro, o auxílio de R$ 200 “tem cara e jeito de esmola e não ajuda em nada”.

Internamente, membros de partidos da base do presidente como o PP, o PL e o Republicanos, admitem que o valor ideal do auxílio seria entre R$ 400 e R$ 600.

O problema é que ninguém, nem o governo, sabe de onde virá o dinheiro para bancar o novo benefício.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO