ACESSE

Centrão tenta trocar liderança da Maioria, e PSDB reage

Telegram

O Centrão tenta destituir o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) da liderança da Maioria na Câmara dos Deputados.

O movimento é encabeçado por Arthur Lira, também do PP, e Wellington Roberto (PL-PB). Apesar de Lira e Ribeiro serem correligionários, o líder da Maioria é mais próximo de Rodrigo Maia.

Trata-se de uma disputa por poderes na Câmara. Desde o desembarque do MDB e do DEM do Centrão, o bloco de Lira tenta ganhar mais espaço.

O nome indicado pelo Centrão para a liderança da Maioria é o de Celso Sabino (PSDB-PA). A troca, no entanto, só pode ser oficializada por Rodrigo Maia.

O presidente do PSDB, Bruno Araújo, não aceitou bem a indicação. Em nota divulgada há pouco, o tucano defendeu a expulsão de Sabino.

“Comunicamos que, ainda na tarde de hoje, serão adotadas as medidas formais para submeter, conforme regras internas, a solicitação de expulsão do deputado Celso Sabino dos quadros do PSDB.”

Como temos mostramos, o PSDB se alia ao DEM e ao MDB nos movimentos recentes no Congresso. O entendimento é que os tucanos preferem manter a independência do Planalto, que tem cooptado partidos do Centrão em troca de cargos no governo.

Sabino, no entanto, integra um grupo de políticos do PSDB que fazem oposição a João Doria e Bruno Araújo.

Leia mais: Bolsopetismo pró-impunidade: a aliança para enterrar a proposta de prisão após condenação em segunda instância

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários