CGU e AGU irrelevantes

O acordo internacional de leniência da Odebrecht e da Braskem, conduzido com maestria pelo Ministério Público Federal, expõe a total irrelevância da AGU e do Ministério da Transparência (Ex-CGU) em negociações do gênero.

Dá para entender o desespero de Grace e Torquato ao editarem aquela portaria interministerial com poderes exclusivos para negociar leniências.