A chance da Previdência neste ano

A Arko Advice calcula que a chance de aprovação da reforma da Previdência ainda neste ano é de 40%.

“Para que seja viabilizada [a proposta], [Jair] Bolsonaro teria de participar ativamente das negociações. Contudo, em caso de derrota, seu envolvimento direto traria mais desgaste ao novo governo do que os benefícios advindos de uma eventual aprovação”, dizem os analistas.

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Antes de se falar em reforma, gostaria de ouvir de Bolsonaro se tem alguma ação para a cobrança da dívida bilionária de poderosas empresas com o INSS. Senão cai no mesmo erro da reforma fajuta d

    1. Paulo kkkkk, a maioria destes valores são de empresas que já faliram, e a outra grande parte é de empresas que estão discutido os valores na justiça, o restante são de pequena empresas sem $$$$

Ler mais 18 comentários
  1. Antes de se falar em reforma, gostaria de ouvir de Bolsonaro se tem alguma ação para a cobrança da dívida bilionária de poderosas empresas com o INSS. Senão cai no mesmo erro da reforma fajuta d

    1. Paulo kkkkk, a maioria destes valores são de empresas que já faliram, e a outra grande parte é de empresas que estão discutido os valores na justiça, o restante são de pequena empresas sem $$$$

  2. Devido a dificuldade de continuar digitando, convido a quem se interessar (c/o devido acordo dos donos do site)o trabalho que produzi, em: – facebok.com/aquinao.org – Virão outros s/o tema. Grato

  3. É melhor deixar para o primeiro trimestre de 2019. Com um congresso de melhor qualidade, obtém-se uma reforma previdência de melhor qualidade. Não vale a pena gastar cartucho neste ano.

    1. Mas isso é lógico. Parece que é falta de notícias falar dessa reforma bomba de Temer. É promessa de campanha de Bolsonaro não aceitar reforma previdenciária de temer.

  4. A MONSTRUOSIDADE já ensaiada de ‘garfar’ metade de Pensões de VIÚVAS de casamentos modestos, mas sólidos e longevos, cujos cônjuges pgram do próprio bolso, é algo ASQUEROSO!

  5. A ‘PRESSA’ impedirá, p.ex. que uma discussão seguid de um PERÍCIA nos Vícios de Origem ‘aos milhões na Máq Pública”, venham à tona, a tempo de se rastrear incorporações FALSAS a salário

  6. ‘APRESSADOS’ na Reforma estriam visando interesses pessoais? Inútil apelar para os ‘Investimentos’ represados no exterior. A maior parte é de HOT MONEY, para ganhos fáceis em Bolsa.

  7. Caros M. Sabino/C Dantas – c/história de AVCH e Sequelas NEUROLÓGICAS tenho dificuldades de digitar sob pressão (p/ansiedade, comum aos hipertensos). POR QUE IMPEDIR que eu cole textos?

  8. Precipitado, esse congresso aí tá doido pra ver o “circo pegar fogo”; quanto pior melhor, vamos trabalhar a base do próximo Congresso, aprovar, e já partir pras outras Reformas.

  9. Isso não é otimismo. É especulação. A não ser, que “um lobo solitário”, esfaqueie alguém do futuro Governo, haver comoção popular exigindo aprovação… MAS, é preciso tentar agora, para