Chefe de diretoria da Petrobras que apura denúncias de corrupção deixará cargo

Chefe de diretoria da Petrobras que apura denúncias de corrupção deixará cargo
Foto: Divulgação

Responsável pela apuração interna de denúncias, o diretor de Governança e Conformidade da Petrobras, Marcelo Zenkner, não pretende renovar o contrato com a estatal e deve deixar o cargo por motivos pessoais.

Trata-se da terceira troca em três anos na diretoria dedicada ao combate à corrupção. As informações foram divulgadas pela agência Reuters e confirmadas por Crusoé com fontes familiarizadas com o assunto.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO