Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Chefe do MP-SP abre inquérito sobre desembargador que humilhou guarda em Santos

Chefe do MP-SP abre inquérito sobre desembargador que humilhou guarda em Santos
Desembargador Eduardo Siqueira

O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Luiz Sarrubbo, abriu nesta segunda-feira (27)  inquérito civil para investigar a conduta do desembargador Eduardo Siqueira, do TJ-SP.

Siqueira foi filmado humilhando um guarda municipal que o multava por circular sem máscara em Santos, no litoral paulista, e rasgando a multa.

“Considerando que a prática das condutas descritas caracteriza, em tese, ato de improbidade administrativa, em razão do evidente abuso de poder, e malferimento aos deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições, instauro […] inquérito civil para a completa apuração dos fatos”, escreveu Sarrubbo.

O “desembargador da carteirada” terá 15 dias para apresentar sua defesa após ser notificado sobre a abertura do inquérito.

Como publicamos ontem, o CNJ também abriu reclamação disciplinar para apurar a conduta de Siqueira.

Conforme noticiamos, Siqueira responde a reclamações disciplinares em seu tribunal desde o início da carreira. Juiz desde 1981, ele foi processado pela primeira vez em 1987. De lá para cá, foram 42 processos administrativos, segundo informações do TJ de São Paulo.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO