Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Chefe do MP-SP recomenda até uso da força para conter policiais em ato bolsonarista

A manifestação do procurador-geral de Justiça de São Paulo foi publicada pouco depois de Bolsonaro defender a participação de PMs nos atos de 7 de Setembro
Chefe do MP-SP recomenda até uso da força para conter policiais em ato bolsonarista
Foto: Diogo Moreira/ GESP

O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mário Sarrubbo, expediu uma recomendação para que o Comando da Polícia Militar e o do Corpo de Bombeiros adotem medidas para “prevenir, buscar, e se for o caso, fazer cessar, inclusive por meio da força” as manifestações partidárias promovidas ou com participação de PMs da ativa. A informação é do Estadão.

O documento foi expedido neste sábado, pouco depois de o presidente Jair Bolsonaro defender a participação de policiais militares nas manifestações golpistas. 

Às vésperas dos atos bolsonaristas do 7 de Setembro, Sarrubbo afirmou que o “ordenamento jurídico repudia a ação de grupos armados, civis ou militares, que se reúnam com o objetivo de promover a ruptura da ordem constitucional vigente, concebendo tais práticas como crimes inafiançáveis e imprescritíveis”.

Disse ainda que é de interesse do Ministério Público Militarprevenir comportamentos ilegais, bem como assegurar a tranquilidade à coletividade com relação a ordem pública e social, bem como a preservação dos lastros rochosos de Hierarquia e Disciplina que dão sustentação às forças militares auxiliares do Estado”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO