Chico Rodrigues pode ser cassado mesmo de licença, diz presidente do Conselho de Ética

Chico Rodrigues pode ser cassado mesmo de licença, diz presidente do Conselho de Ética
Foto: Pedro França/Agência Senado

O presidente do Conselho de Ética do Senado, Jayme Campos (DEM-MT), disse que Chico Rodrigues (DEM-RR) pode ser cassado mesmo durante a licença que acaba de tirar.

Questionado por jornalistas sobre a possibilidade de Chico Rodrigues ser cassado durante a licença, Jayme Campos disse:

“Claro que pode. Ele não está afastado. Ele está licenciado. É bom que se esclareça. Mesmo licenciado. Claro, dando a ele o direito de ampla defesa. Nós não podemos em hipótese alguma deixar de cumprir aquilo que está estabelecido dentro da própria Constituição, seja ele qual for o senador da denúncia”.

Chico Rodrigues é investigado por desvio de dinheiro de contratos na área da saúde em Roraima. Na semana passada, ele foi flagrado com mais de R$ 30 mil na cueca e foi afastado do cargo pelo ministro Luís Roberto Barroso.

Ele mesmo pediu para se licenciar do cargo. A licença inicial era de 90 dias, que depois foi estendida para 121 dias para que seu filho, que também é seu suplente, possa assumir o cargo – e para evitar que a questão interfira na reeleição do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Leia mais: Apoie o jornalismo investigativo e verdadeiramente independente da Crusoé, em uma condição especial
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 9 comentários
TOPO