Cid Gomes: “É um grande equívoco transformar a eleição do Senado em um processo personalista”

Cid Gomes não quer dizer em que votará amanhã para presidente do Senado.

“O bloco [liderado por ele, com senadores do PDT, PPS, PSB e Rede] tomou a decisão de procurar a unidade pelo meio: nem situação, nem oposição”, limitou-se a dizer a O Antagonista o irmão de Ciro.

Perguntamos qual pré-candidato se enquadraria nessa ideia.

“Não entro nisso, já falei para você. Sou disciplinado. É um grande equívoco transformar a eleição do Senado em um processo personalista.”

O bloco de Cid tem reunião marcada para 18h.

“O arrependimento virá rápido” Acompanhe aqui!

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 33 comentários
    1. Jamais pessoas igual a este lixo de senador e família de coronéis seriam eleitos se a Educação no Ceará fosse boa!!!!! Acorda Mané…. Mas que mundo você vive?

  1. Eh por estes políticos atrasados que o Brasil continua nesta mixórdia!! Olha o Nordeste!! Quantos Presidentes da República, Congresso Nacional passaram e a Região eh um atraso só!! O povo eh trou

  2. Quem tem problemas com a justiça se junta a seus semelhantes. Elementar. Só que a votação será aberta e vamos ver em quem Cid irá declarar voto. Não tem uma palavra de verdade no que ele disse.