Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Cidadania vai ouvir testemunhas em processo contra Fernando Cury, que apalpou deputada

Deputado está afastado do partido e da Alesp por importunação sexual, transmitida ao vivo pela TV Alesp
Cidadania vai ouvir testemunhas em processo contra Fernando Cury, que apalpou deputada
Foto: Agência Alesp

O Cidadania informou nesta segunda (30) que decidiu não recorrer da sentença da 20ª Vara Cível de Brasília e irá ouvir, como determinou o juiz Carlos Fecchio, as oito testemunhas arroladas pelo deputado estadual afastado Fernando Cury (SP), no procedimento disciplinar a que ele responde sob acusação de apalpar a deputada Isa Penna (PSOL-SP).

Em dezembro de 2020, no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cury apalpou a deputada Penna. Ela estava de costas para ele e tentou afastá-lo imediatamente. As imagens foram transmitidas ao vivo pela TV Alesp.

Dois dias depois, o Cidadania afastou o deputado.

Em abril deste ano, por unanimidade, a Alesp afastou Cury por seis meses. Com essa suspensão, Cury perdeu direito a salário, e sua vaga foi ocupada pelo suplente, Afonso Lobato (PV).

Segundo o Cidadania, ouvir as testemuhas “foi o único pedido feito pelo parlamentar e acatado pelo juízo no processo em que ele questiona o procedimento interno do Conselho de Ética do Cidadania, que, agora, poderá voltar a tramitar”.

Leia mais:

Deputado afastado por importunação sexual é eleito para conselho voltado a crianças e adolescentes

MP de São Paulo denuncia deputado que apalpou Isa Penna

Vão deixar o deputado assediador passar a mão em todas as mulheres?

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO