Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ciro contesta ação de Collor e acusa Eunício de 'politicagem'

Desafeto do pedetista, ex-senador disse ter arrematado 'de sacanagem' um imóvel do presidenciável, vendido em leilão para pagar indenização ao ex-presidente
Ciro contesta ação de Collor e acusa Eunício de politicagem
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A assessoria de Ciro Gomes enviou a O Antagonista uma nota em que responde ao post sobre a compra, em leilão, de um imóvel do presidenciável por seu desafeto político Eunício Oliveira, publicada nesta terça-feira, 13.

No texto, o ex-presidente do Senado diz ter comprado “de sacanagem” imóvel vendido pela Justiça para o pagamento de indenização devida pelo pedetista a Fernando Collor.

Leia, abaixo, a íntegra da resposta da assessoria de Ciro:

“Sobre o leilão de um apartamento supostamente pertencente a Ciro Gomes para pagamento de indenização por dano moral a Fernando Color, temos a informar:

1. Trata-se de ação judicial eivada de vícios e nulidade, com recurso pendente de julgamento ao Superior Tribunal de Justiça;

2. Desde o início do processo, em 1999, adversários tentam se aproveitar do fato para fazer politicagem;

3. O clímax se deu agora quando um deles, por mera chicana, aproveitou-se para arrematar os direitos do devedor fiduciário do imóvel, que sequer é propriedade de Ciro Gomes;

4. Ciro Gomes confia na decisão isenta e técnica dos tribunais superiores que darão palavra final sobre a causa.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO