Ciro diz que sairia do país de novo em caso de 2º turno entre Lula e Bolsonaro

Ciro diz que sairia do país de novo em caso de 2º turno entre Lula e Bolsonaro
Foto: José Cruz/Agência Brasil

Ciro Gomes disse em entrevista a O Globo que nunca mais fará aliança com o PT e que tomou a decisão correta ao ter ido a Paris após o primeiro turno das eleições de 2018.

Questionado se ele se arrepende de ter viajado para fora do país, em vez de declarar apoio a Fernando Haddad contra Jair Bolsonaro, Ciro afirmou:

Pelo contrário. Eu faria hoje com muito mais convicção. Em 2018, fiz com grande angústia. Aquela eleição já estava perdida. Mesmo somando meus votos com os do Haddad, não alcançaríamos Bolsonaro. Lula mentiu para o povo dizendo que era candidato quando todos sabiam que não seria. Manipulou até 22 dias antes da eleição, deixando parte da população excitada.

Em caso de segundo turno entre Lula e Bolsonaro nas próximas eleições, Ciro afirmou:

Como brasileiros não podem viajar para a França pela pandemia, nesse caso vou para Tonga da Mironga do Kabuleté.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO