Retrospectiva 2020

Ciro e Cid Gomes, os irmãos tresloucados

Ciro e Cid Gomes, os irmãos tresloucados
Fotos: Ezla Fiuza/AgênciaBrasil e Adriano Machado/Crusoé

Ciro Gomes, que nunca chegou ao segundo turno de uma eleição presidencial, não parece ter desistido da ambição de conquistar o Planalto.

Em 2020, continuou a tentar se firmar como alternativa à esquerda para esse plano. Outro lugar comum no mundo de Ciro e de seu irmão Cid neste ano foram as confusões.

Sempre excêntrico em suas ações, o senador Cid Gomes protagonizou no começo do ano uma das cenas mais insanas da política nacional.

Para tentar furar o bloqueio de policiais militares que faziam motim no Ceará, o parlamentar avançou com uma retroescavadeira para cima do grupo em um quartel da PM em Sobral.

Antes de conseguir investir contra o portão do quartel, ameaçando as vidas dos que estavam ali, o parlamentar foi alvejado na região do tórax por dois de vários tiros disparados em sua direção.

A baderna só não terminou em tragédia por sorte. O senador teve de passar por cirurgia e ficou internado por cinco dias em um hospital da cidade.

A PM do Ceará foi unânime em repudiar a ação de Cid, o louco. Ele, porém, não se arrependeu.

Ciro Gomes defendeu o gesto do irmão contra os amotinados e o chamou de “herói”. O pedetista também culpou Jair Bolsonaro pela confusão com os policiais e afirmou que o Ceará é pior pesadelo do presidente da República.

Ao comentar o fim da paralisação da polícia no estado, que durou 13 dias, o então ministro Sergio Moro afirmou que, apesar dos Gomes, a crise foi resolvida.

Ciro Gomes não se esqueceu do PT e, ao longo do ano, continuou a atacar as figuras do partido. Disse que a “imprudência” de Lula elegeu Bolsonaro e que o ex-presidiário e ex-presidente tem feito um mal extraordinário ao Brasil.

Afastados desde a campanha presidencial de 2018, Ciro e Lula se reencontraram em setembro e conversaram sobre suas desavenças e a conjuntura política.

Segundo o pedetista, a conversa foi muito franca, muito franca mesmo, mas evitou falar em fazer as pazes com o petista.

PT e PDT se dividiram na corrida pelas prefeituras das capitais em 2020. Em São Paulo, nem o petista Jilmar Tatto nem o socialista Márcio França (apoiado pelo PDT) chegaram ao segundo turno.

De olho em 2022, o maior palanque que Ciro conquistou foi em Fortaleza, onde seu candidato José Sarto venceu a disputa pela prefeitura da capital do Ceará. Apesar da pandemia de Covid-19, os dois comemoraram a vitória com um beijo e sem máscara.

Em 16 de outubro, a Polícia Federal cumpriu mandados de busca e apreensão contra empresas que teriam sido utilizadas pela J&F, dona da JBS, para repassar 25 milhões de reais ao grupo político de Cid Gomes.

A ação foi batizada de Marquetagem – a maioria dos 17 alvos foram empresas do setor de marketing e propaganda.

Poucos dias depois, Cid se disse “aliviado com a indicação de Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal.

Leia mais: O início da vacinação no Reino Unido traz esperança para o mundo e dá a largada para a corrida dos políticos pela vacinação em massa em diferentes países.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 23 comentários
TOPO