ACESSE

Ciro Gomes e Lupi pedem à Câmara impeachment de Bolsonaro

Telegram

Acompanhe nossas notícias também pelo Google Notícias.

Acesse nossa página no serviço de notícias do Google e clique em SEGUIR ou no ícone

O PDT apresentou hoje um pedido de impeachment de Jair Bolsonaro na Câmara, acusando o presidente de cinco crimes de responsabilidade previstos na Constituição.

A peça, assinada por Carlos Lupi e Ciro Gomes, presidente e vice da legenda, relembra, principalmente, o apoio de Bolsonaro aos recentes atos contra o Congresso e o STF, e a postura contrária a orientações do Ministério da Saúde e OMS na pandemia do novo coronavírus.

Cita ainda diversas demissões no Executivo de pessoas que desagradaram o presidente, como um ex-diretor do Ibama que o multou por pesca irregular e de Luiz Henrique Mandetta.

“São diversos e recorrentes os atos do Presidente da República que violam e põem em risco a saúde da população brasileira. As atitudes mesquinhas do Denunciado resguardam apenas os interesses escusos do capital, no que se olvida que a fatura da pandemia do COVID-19 não pode ser paga com vidas alheias, em patente desrespeito a direitos individuais e sociais”, diz o pedido.

O PDT acusa Bolsonaro de atentar contra o livre exercício dos demais poderes, contra o exercício dos direitos sociais, contra a segurança interna, contra a probidade na administração, e o contra o cumprimento das leis e das decisões judiciais.

Para abertura de um processo, o pedido precisa ser aceito por Rodrigo Maia. Há outros 16 à espera de decisão do presidente da Câmara.

Leia também: O certo do DEM a Bolsonaro

Comentários

  • Lafaiete -

    "Ciro Gomes e Lupi PEDE..."?!?!?! Porra!!!

  • Marcio -

    Ele tem indenização para pagar por falar e fazer besteira. Será que ele já pagou essas indenizações que a justiça o condenou?

  • Carlos -

    O legitimo representante da escoria, Ciro, pedindo o impeachment do PR equivale ao Lula o pedir fim da Lava-Jato.

Ler 151 comentários