Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ciro quer em 2022 o que ‘quase viveu’ em 2002

Pedetista tenta conquistar votos de eleitores que se decepcionaram com Bolsonaro para disputar segundo turno com Lula
Ciro quer em 2022 o que ‘quase viveu’ em 2002
Foto: Reprodução/Redes Sociais

“Em agosto de 2002, o então candidato da Frente Trabalhista formada por PPS, PTB e PDT, Ciro Gomes, rumava célere para o segundo turno contra Lula. Pesquisas apontavam que ele já havia deixado a candidatura tucana de José Serra, candidato de FHC, comendo poeira e empatava tecnicamente em primeiro lugar com o petista. resto é história. Ciro tropeçou nos próprios atos e palavras e, em dois meses, sua candidatura praticamente se desintegrou, fazendo com que ele terminasse o primeiro turno em quarto lugar com 11%, atrás de Anthony Garotinho”, diz a Crusoé.

Agora, Ciro tenta “conquistar a direita que se desiludiu com Bolsonaro para disputar o segundo turno contra Lula”.

Leita a matéria completa aqui. 

 

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO