Ciro relaciona Bolsonaro e Paulo Guedes ao ‘nazifascismo’

Telegram

No evento em São Paulo no qual recebeu apoio de centrais sindicais à sua campanha, Ciro Gomes, ao atacar Fernando Haddad, voltou a relacionar Jair Bolsonaro ao nazismo.

“O camarada que perdeu no primeiro turno em São Paulo para o farsante do João Doria, perdeu para os brancos e nulos, vai conseguir proteger o Brasil do nazismo, do fascismo, do extremismo? Eu acho que não.”

Ciro também comentou a tal proposta de unificação da tributação do Imposto de Renda de Paulo Guedes, o economista de Bolsonaro.

“Todo mundo sério cobra imposto de forma progressiva. Cobra menos de quem ganha menos e mais de quem ganha mais. O que o ‘posto Ipiranga’ do Bolsonaro está propondo é o inverso. É a cara do fascismo, é exatamente isto. Toda perseguição aos mais pobres, de preferência mulheres, negros, índios e LGBTs e todos os privilégios aos de cima.”

Comentários

  • Alexandre -

    A mesma apelação de sempre... Um monte de acusações falsas.... E sempre são os candidatos dos pobres e o adversário o candidato dos ricos.... Não mudam nunca!

  • Alexandre -

    Muita mentira numa pessoa só...muita dissimulação.

  • Jose -

    Ciro, ex-ministro "babão" do comunista Luladrão, o qual foi condenado e preso por corrupção e lavagem de dinheiro, não tem moral para prometer aos brasileiros um Brasil melhor !!!

Ler 107 comentários