Ciro suspende trégua e volta a atacar Bolsonaro: "Bola para frente"

Ciro Gomes voltou a atacar Jair Bolsonaro.

Em ato de campanha em Mauá, o candidato do PDT disse que “não há menor chance” de o adversário vencer no primeiro turno.

“Em uma, duas semanas ele estará bem, e o debate volta ao seu leito normal.”

Ontem, no debate do Estadão, Ciro afirmou que Bolsonaro “foi ferido na barriga, mas não mudou nada na cabeça”.

“Não concordo com nada que ele pensa, nada do que ele fala. Depois do ataque, suspendi as atividades da minha campanha. Mas agora é bola para frente”, reforçou hoje.

Comentários

  • Prisco -

    Coroner de bosta vai tomar no cú!

  • Presidente-XVII -

    Esse daí não merece pisar nem no primeiro metro da rampa presidencial.

  • Erigilson -

    As agressividades estão à espera da recuperação de Bolsonaro. Será que esse presidenciável, ja derrotado duas vezes ao meu cargo, não aprendeu? Governar se faz com sabedoria, n~ão com oprtunis

Ler 75 comentários