A classe C é Bolsonaro

Reportagem de O Globo mostra que o PT perdeu 10 milhões de votos nas cidades onde a renda média familiar está entre R$ 2 mil e R$ 8,6 mil.

Esse grupo de 3.294 municípios deu a Dilma Rousseff, no primeiro turno de 2014, 27,3 milhões de votos, contra 26,1 milhões de Aécio Neves.

No último domingo, Fernando Haddad teve apenas 17,4 milhões de votos nessas cidades, contra 38,6 milhões de Jair Bolsonaro.

Se a eleição se desse apenas nas cidades “classe C”, Bolsonaro venceria no primeiro turno, com 51,9% dos votos.

Foi declarada a guerra do 2º turno, que definirá também o curso da Lava Jato. Saiba mais AQUI
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO