Cláudia Cruz, o sonho e a bolsa Chanel turquesa

Até Eduardo Cunha ser flagrado pela Lava Jato, a sua mulher, Cláudia Cruz, nutria um sonho: ajudar a eleger o marido presidente da República e tornar-se a primeira-dama do Brasil.

As línguas viperinas afirmam que, se o sonho se tornasse realidade, nós sentiríamos saudades de Roseana Collor, ops, Rosane. De fato, corre muito veneno em Brasília.

Leiam na legenda o que disse uma moça elegante a respeito de Cláudia Cruz.

Comentário de uma moça elegante:

“Quando uma mulher tem uma Chanel

turquesa, é porque tem todas as outras”