ACESSE

CNBB repudia ‘barganha’ de TVs católicas

Telegram

Em nota divulgada neste sábado, a CNBB repudiou os pedidos de verbas feitos pela ala bolsonarista da Igreja Católica a Jair Bolsonaro em troca de notícias favoráveis ao governo.

As propostas foram feitas em 21 de maio, durante reunião virtual entre Bolsonaro, sacerdotes e parlamentares.

“Recebemos com estranheza e indignação a notícia sobre a oferta de apoio ao governo por parte de emissoras de TV em troca de verbas e solução de problemas afeitos à comunicação. A Igreja Católica não faz barganhas”, diz a nota da CNBB.

“Não aprovamos iniciativas como essa, que dificultam a unidade necessária à Igreja, no cumprimento de sua missão evangelizadora, ‘que é tornar o Reino de Deus presente no mundo.'”

Leia também: Até quando ele conseguirá frear Bolsonaro?

Comentários

  • Alan -

    A igreja católica foi omissa na segunda guerra mundial, com o genocídio de Hitler contra os Judeus, como o Celso de Melo, já comparou Bolso com Hitler, a CNBB já mandou um recado para os padres pops.

  • Giselda -

    Nem o PT com todos os erros se compara à sua corja. Vocês conseguem ser piores. A CNBB está fora do seu alcance, é outro nível.

  • Maria -

    ESSA ALA DE CATÓLICOS VENDENDO A ALMA É O ESQUEMA DOS VENDIÕES, QUE JESUS EXPULSOU DO TEMPLO. QUE VEGONHA ESSES PADRECOS CORRUPTOS. SÃO OBRA DO DEMÔNIO, DO CAPETA! NOJENTOS.

Ler 89 comentários