CNJ aprova penduricalho para juiz na última sessão comandada por Toffoli

CNJ aprova penduricalho para juiz na última sessão comandada por Toffoli
Foto: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O Conselho Nacional de Justiça aprovou nesta terça-feira (8) um novo benefício para a magistratura, informa O Globo.

Agora, o juiz que acumular mais de uma vara de Justiça receberá o adicional de acervo, uma espécie de recompensa para quem tem mais processos para decidir.

O magistrado que tiver direito ao novo benefício receberá um terço do salário a mais por mês em que acumular mais de uma vara. Esse adicional já é pago na Justiça Federal e na Justiça do Trabalho.

A pedido da Associação dos Magistrados do Brasil, o CNJ aprovou uma recomendação para que o adicional seja pago a todos os juízes do país. A proposta foi levada ao plenário por Dias Toffoli.

A sessão do conselho nesta terça (8) foi a última comandada por Toffoli, que na quinta (10) deixará as presidências do CNJ e do STF.

Leia mais: Dias Toffoli: um retrato da pior presidência da história do Supremo Tribunal Federal
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 64 comentários
TOPO