CNJ deve discutir auxílio-moradia no dia 18, diz Toffoli

Dias Toffoli, que preside o STF e o CNJ, afirmou que o conselho deve discutir a possibilidade de regulamentar o pagamento do auxílio-moradia para casos específicos na sessão do dia 18, registra o G1.

“Estamos fazendo os estudos. Tem sessão dia 18, provavelmente vai ser dia 18”, declarou Toffoli.

A intenção é criar regras para situações como as de juízes removidos para outro estado, por exemplo, além de outras exceções, depois que Luiz Fux revogou o benefício.

A questão é saber se pelas “outras exceções” passará um boi ou —como querem as entidades de magistrados— uma boiada.

A bomba-relógio que vai estourar no colo de Jair Bolsonaro. E no seu

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 31 comentários
  1. Cabeça de juizeco brazuka: se prende, tem que esperar até a 4ª instância pq tá na C.F/88; se dá auxílio-moradia, tem que deixar pq a C.F/88 manda tirar. Não entendo…

  2. — Tenho VERGONHA desta Casa de Tolerância k kk k Vamos trocar este auxílio moradio por uma CESTA BÁSICA, isto se vs deidades tiverem os filhos matriculados em escola pública, ok?

  3. É o fim da picada: O Judiciário é o campeão da corrida maluca das ilegalidades: Um trem de benefícios e mordomias totalmente incompatíveis com a realidade do Brasil. Opera fora da Lei e da Orde

  4. O CNJ só pode regulamentar quando houver lei. Inexiste lei criando o auxílio moradia. Pelo contrário, a CF/1988 veda expressamente qualquer acréscimo ao subsídio mensal em parcela única.

  5. Tudo palhaçada, o proprio nome já define do que se trata, se algum servidor é remanejado para outra cidade, e não tiver residencia no local, recebe o auxilio, caso contrario nem a pau, e as diári

  6. Corja de FDP togados! Receberam 16% de aumento,afirmando que iriam acabar com esses penduricalhos.NÓS SUSTENTAMOS ESSES VAGABUNDOS QUE SÓ SERVEM PRA BLINDAR CORRUPTOS.Um cabo é um soldado,urgente!!