CNJ julga Moro, Favreto, Gebran e Thompson Flores no dia 11

O Conselho Nacional de Justiça marcou para 11 de dezembro a análise do processo administrativo contra Sergio Moro e os desembargadores Rogério Favreto, João Gebran Neto e Thompson Flores Lenz.

O órgão vai examinar se eles cometeram irregularidades na série de decisões, no dia 8 de julho, que ora soltavam, ora mantinham Lula na prisão.

Ainda não está definido se Moro permanecerá no processo, já que deixou a magistratura no último dia 19. O futuro ministro da Justiça já questionou o CNJ se deverá mesmo depor no caso.

Parte da imprensa torce o nariz para a indicação de Moro. Pense: ela vai ajudar você a decifrar o atual momento?... LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Para o Brasileiro honesto que pensa e trabalha, houve grande maracutaia da justiça para tentar soltar Lula/ladrão/devidamente condenado. BASTA. Quem solta corrupto condenado é o que ??????????????

Ler mais 70 comentários
  1. Para o Brasileiro honesto que pensa e trabalha, houve grande maracutaia da justiça para tentar soltar Lula/ladrão/devidamente condenado. BASTA. Quem solta corrupto condenado é o que ??????????????

    1. Cuidado Toffoli e Exas. de plantão. A partir de Janeiro muita coisa vai rolar. Segundo a “Lenda Urbana” uma das 1ªs missões está exatamente voltada a esse STF, viciado, podre,vendido,corrupto.

  2. A essa altura do campeonato ainda tem gente que usa o argumento “nunca prendeu nenhum tucano”? Até eu que sou um bobão já aprendi que o Moro e a Lava Jato só julgam casos ligados a Petrobras e .

  3. É! Então é preciso que este CNJ tome conhecimento de casos de juízes com mais de 60 de lotação em boas cidades do interior mineiro, que não se apresentam para o trabalho. Ex. Pium-hi

  4. Vamos ter calma com o CNJ é o papel dele examinar os fatos se recebe algum tipo de reclamação, a intenção não é punir, mas esclarecer. Não acho que vai prosperar a prisão de Lula é legítima

  5. VEJA, Toffoli mandou comprar 45 pistolas semi-automátucas 9mm no valor de 201.000,00 reais. O PTista resolveu se armar agora! Esse STF é uma piada. Assaltam os brasileiros e agora temem a reação.

  6. Se o CNJ realmente tivesse algum valor, o Favreto seria intimado e da audiência sairia algemado! Espero que se isso realmente ocorrer, os próximos sejam os desembargadores do TRF-1 do caso MJ/Renan.

  7. Esse CNJ é uma aberracao jurídica! O novo governo tem que examinar e verificar algo para criar um órgão (EXTERNO) de fiscalização do judiciário, pois, não dá pra acreditar nessa ilha da fanta

  8. Aqui errado é certo, e o certo é errado. Mulher é Pablo Vittar. Homem é Thamy. Bolsonaro é Fascista. Maduro é democrata. PM é bandido. bandido é vítima. Bandido é solto. Cidadão é preso em

  9. Percebam a conexao com a 2° turma do STF para justificarem a soltura do presidiario, desqualificando tanto o Moro quanto os desembargadores do TRF4. Botaram o Favreto junto pra fazer parecer imparcia

    1. Certo Sonia: Por não serem corruptos terão que separar Moro, Gebran e Thompson, dos quais sentimos orgulho, do infeliz que tentou soltar um presidiário e depois outros.

    2. E que estatura tem o CNJ bolivariano para julgar figuras tao ilustres, brilhantes e decentes? É uma VERGONHA que o brasileiro nao aceita!!!!

    3. Colocar Dr Thompson Flores, Dr Gebran e Dr Moro no mesmo patamar desse ordinário Favreto, é honesto?Acha nesmo?? Pois o Brasil inteiro nao acha nao!

    1. Provavelmente o plano é absolver todos. Se Fravetto fosse julgado separadamente, teria que ser punido e eles não querem fazer isso.

  10. Tudo palhaçada. O foco desse inquérito é somente para ferrar com Moro, os outros foram incluídos apenas para que o teatro fosse convincente. O Brasil não tem solução com esse Judiciário.

  11. Inacreditável esse julgamento! Quem é CNJ para julgar esses juízes sérios, honestos, comprometidos com a justiça! É o mesmo CNJ que puniu o juiz Fernando Cordioli? É o fim do bom senso.

  12. O que Favreto fez é crime talvez formação de quadrilha, junto com os deputados planejaram a soltura de Lula dando uma pernada no judiciário. Talvez crime contra a segurança nacional. só isso.

    1. Rogerio Favreto era advogado(foi filiado ao PT) indicado pela OAB e nomeado desembargador por Dilma Rousseff e já trabalhou em governos do PT.

  13. Esse CNJ é TRETA de bolivariano!!! Onde ja se viu, submeter Dr Moro/ Dr Thompson Flores a esses comunistas ordinarios! Instrumento de comunistas esse CNJ!!! Criado Com esse INTUITO invlusive!!!!