CNJ suspende gasto de R$ 5 milhões do TJ-RJ com ginástica para juízes

O CNJ decidiu suspender os gastos do Tribunal de Justiça do Rio com uma academia de ginástica que funciona dentro do prédio do TJ no centro da cidade, informa O Globo.

O tribunal assinou um convênio de mais de R$ 5 milhões, a serem gastos em cinco anos com a contratação de professores de educação física, dois gerentes, um assistente administrativo e uma copeira.

A academia –que oferece aulas de boxe tailandês, musculação e ioga, entre outras– só pode ser usada por magistrados e seus parentes. Na sessão de ontem, por unanimidade, o CNJ considerou o convênio ilegal.

 

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Já está desmascarada a farsa do Executivo;
    Já conhecemos as tretas do Legislativo;
    Falta abrir as cortinas do palco sujo e podre do judiciário Brasileiro, ali haverá de ser encontrado muitos ratos endinheirados, muita propina para compra de sentença, muita lama e muita m…..

Ler mais 25 comentários
  1. Já está desmascarada a farsa do Executivo;
    Já conhecemos as tretas do Legislativo;
    Falta abrir as cortinas do palco sujo e podre do judiciário Brasileiro, ali haverá de ser encontrado muitos ratos endinheirados, muita propina para compra de sentença, muita lama e muita m…..

  2. O difícil é assumir que juízes tenham a cara dura e a falta de ética/noção pra pedir uma coisa dessas! como se fosse natural e normal o erário pagar pra suas excelências, e familiares, terem vida saudável enquanto os mortais estão na m…

  3. Rio=Brasil amanhã. É incrível o Rio sofre de todas as mazelas do Brasil, mas de forma ampliada. É lá que a esquerda caviar e o tráfico de drogas imperam. Favela chama comunidade, bandido é vítima da sociedade, servidor público ganha aumento com o estado quebrado. Incrível!

  4. E alguém vai ser condenado a devolver dinheiro? O RJ não chegou ao ponto a que chegou somente por culpa de Sérgio Cabral. Um homem sozinho não faz tamanho estrago.

  5. É fácil achar osralos por onde escorrem desnecessariamente os recursos públicos. É imoral esse gasto num estado falido . Legislativo e judiciário sempre alegam que os gastos cabem nos respectivos orçamentos. Já passou da hora de ajustar esses percentuais pois é óbvio o superdimensionamento.

    1. Não é imoral porque num Estado falido. É imoral em qualquer Estado. É imoral em um Estado indecente. O Brasil é indecente.

  6. Esse é o judiciário imoral brasileiro. No caso específico, num estado todo corroído pelos desmandos roubos nas esferas de poder e, esses canalhas gastando dinheiro público com essas finalidades que causam ódio e revolta ao carioca. Bolsonaro neles!

  7. Um estado falindo. Pessoas passando fome,……………………………….

    VCS NÃO TEM VERGONHA NA CARA ?
    Desembargadores que “prezam pela igualdade, fraternidade, equanimidade”. LIXOS !!!!


  8. Esse gente vive numa bolha de auto bajulação e mordomias
    .
    Não é atoa se sentir reis, os do STF se acham deuses
    .
    O narcisismo deste gente é insuportável