CNMP sem MP

“A carta na manga da defesa de Deltan Dallagnol, caso o ministro Celso de Mello não suspenda os processos contra o procurador no Conselho Nacional do Ministério Público, será questionar a composição do órgão”, diz o Estadão.

O CNMP só tem 11 das 14 vagas preenchidas. Faltam os membros indicados pelo próprio Ministério Público, cuja nomeação está parada há meses, aguardando análise do Senado.

 

Leia mais: Foro privilegiado: o STF dividido de novo
Mais notícias
TOPO