Coaf ainda sem prioridade no STF

Telegram

Na última sexta, completou-se um mês da decisão de Dias Toffoli que suspendeu todas as investigações baseadas no Coaf, Receita e Banco Central sem prévia autorização judicial.

No mesmo dia, chegou ao gabinete do ministro um ofício de Raquel Dodge pedindo prioridade para o julgamento do recurso no plenário do STF.

Até o momento, não houve qualquer sinal do presidente da Corte sobre a data.

Comentários

  • Luis -

    Lógico. Tudo combinado. Congresso tirou do MJ, Bolsonaro tirou do ME e agora desidratam com passagem para Bancen. Quando STF retornar ao assunto, tudo estará sob controle. 1° estelionato eleit.

  • antonio -

    Toffoli mafioso faz sua parte no acordão com presidente

  • profissionalsolar.tk -

    Estão cozinhando o SAPO em FOGO BAIXO e qdo o BRASIL acordar já não seremos mais um democracia se o SENADO FEDERAL não barrar esse Criminoso do PTofoli, ajam JÁ Senadoresantes q seja tarde D+

Ler 34 comentários