Coaf identifica repasses de JBS e Minerva para irmã de ex-governador preso pela PF

O Coaf também identificou repasse de R$ 2,8 milhões da JBS para Sandoval Cardoso (SDD), ex-governador do Tocantins preso no ano passado suspeito de fraudar licitações.

Mais curioso é que o órgão de fiscalização também identificou depósito atípico no valor de R$ 9,4 milhões do frigorífico Minerva para Yasmin Julieta Cardoso Lobo, irmã de Sandoval.

O Minerva foi alvo recente de desdobramento da Operação Carne Fraca, acusado de pagar um mensalinho a fiscais agropecuários.

Yasmin também embolsou R$ 174,3 mil da JBS, segundo o relatório do Coaf, revelado por Veja e obtido também por O Antagonista.

Em contato com O Antagonista, o grupo Minerva esclareceu que o valor pago a Yasmin é referente à compra de 6.319 cabeças de gado.

A nota: “A Companhia afirma que o valor mencionado na matéria refere-se à compra de matéria-prima pela Minerva, no estado do Tocantins, no período de janeiro de 2014 a maio de 2017, que resultou no abate de 6.319 cabeças de gado. Todas essas operações foram realizadas no curso normal dos negócios, a preços de mercado e dentro dos trâmites regulares de negociação com fornecedores da empresa.”

4 comentários

  1. O que estaria acontecendo com esse tal de “COAF”? Depois que o Gal. Mourão mandou seu recado, dia sim outro também, essa Unidade de Inteligência Financeira despertou de sua profunda letargia e resolveram mostrar um pouco de serviço.
    É difícil para muitos aceitarem, mas só tem um jeito: FFAA – STM para dar um jeito nisso. Se é que ainda tem jeito.

Comentários temporariamente fechados.
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.