A ‘coerência’ de Delfim Netto

Delfim Netto explicou a Roberto D’ávila que a PF e o MPF se enganaram ao acusá-lo de receber propina do esquema de Belo Monte.

Defendeu o respeito à Justiça: “É uma amolação enorme, mas minha consciência é que a democracia depende basicamente da obediência às leis.”

E depois a mandou às favas: “Vi com tristeza a prisão de Lula. Lula preso é mais forte que Lula solto. Lula tem que ser vencido na urna.”

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 35 comentários
  1. Os ataques a Delfim Neto lançados aqui me assustam. Parece coisa da boca de comunista. Tenho dúvidas sobre o conhecimento real sobre os fatos envolvendo o cara. O brasileiro tem esse negócio de escutar o galo cantar sem saber a onde.

    1. O Sr. coloca em dúvida a memória e a capacidade de raciocínio das pessoas que utilizaram esse espaço para criticar o antigamente poderoso ministro do regime militar. Pois bem, não sou comunista e tenho idade suficiente para me lembrar com clareza dos anos de Delfim no poder. Falo não por ouvir falar e sim por vivência, portanto posso lhe assegurar que debaixo dessa aura de respeitabilidade e toda a bajulação ao redor do Dr. Delfim, ele era um grandíssimo corrupto, o homem dos “x” por cento nos negócios e, debaixo de um palavrório empolado e cheio de tecnicismos, implementou políticas econômicas que foram bem danosas ao Brasil.
      Não há por que defender Delfim Neto.

  2. Não subestimo a capacidade de Lula de engendrar esquemas mafiosos de alcance ao poder. A declaração de garantia do Facebook que não haveria interferência nas eleições brasileiras só aumentam as minhas desconfianças. Uma das reformas que gostaria de ver na nossa Constituição é a inelegibilidade perpétua para crimes de corrupção w lesa pátria. Chega dessa cultura de acreditar que todo culpado é inocente e que alguém que tenha trabalhado para detonar o nosso pais, no futuro vai fazer diferente.

  3. Homem infame, um dos baluartes da corrupção no Brasil… nos anos 70 já eram famosos e conhecidos os “percentuais” para o Dr. Delfim.
    É mais um com essa conversinha de derrotar o Lula nas urnas, como se o dito cujo não tivesse contas a acertar com a justiça. Em todo o caso, dá para entender, é apenas corporativismo da bandidagem.

  4. QUE PAIS QUE VC QUER, CONDENADO TEM QUE IR PARA A CADEIA, SIMPLES ASSIM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!MAS COMO BANDIDO DEFENDE
    BANDIDO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. O conhecido na França como “Monsieur Dez Por Cento” também é daqueles que concordam em que o agente público pode roubar do povo tudo que for possível, desde que nas urnas o bandido vença as eleições. Máfia italiana é fichinha para essa gente. Como diria Paulo Francis: falta poste…

  6. Essa conversa fiada que lula deve ser derrotado nas urnas…. Ue’, entao esuprador tambem deve ser derrotado nas urnas ? E depois que for derrotado nas urnas, vai para casa e tudo bem ?
    Pois com essa logica ..