ACESSE

Cofundador do Novo ataca Amoêdo

Telegram

Roberto Motta, fundador do Partido Novo junto com João Amoêdo, atacou o ex-companheiro de legenda e candidato à Presidência, registra Lauro Jardim.

Hoje filiado ao PSC, Motta –que saiu do Novo há dois anos– acusa Amoêdo de ser centralizador, autoritário e de ter práticas contrárias ao seu discurso.

“Inconsistências entre discurso e prática são um problema grave em um partido criado para ser diferente. Não se pode falar de ‘chegar ao poder para diminuir o poder’ quando a prática dentro do partido é exatamente o oposto”, escreveu ele no Facebook.

Comentários

  • Thiago -

    Não faz o menor sentido o NOVO apoiar Bolsonaro agora. O candidato deles é Amoedo e se querem ser diferentes não devem apoiar ngm, por mais q eu não queira ver o PT no poder de novo.

  • silvio -

    O Sr. Motta atacou sem ser específico. Não vou denegrir o crítico mas como não foi específico ao criticar me fez pensar na possibilidade de ser fruto do ressentimento e do rancor.

  • Felipe -

    Aqui, entrevista recente e completa do jornalista Diego Casagrande com Roberto Motta.

Ler 103 comentários