Coitado do Mourão

Telegram

O Globo estampa em seu site o perfil da morena que foi clicada dando sorvete na boca do general Hamilton Mourão durante a campanha eleitoral.

Na manchete, diz que a maquiadora Carola Cimini já foi “presa pela PF e ficou cara a cara com Moro”. Lá no meio do texto, está escrito que a moça era casada com um narcotraficante, passou dez dias em cana e depois foi absolvida.

Carola já explicou à imprensa que a polêmica colherada foi uma brincadeira.

A grande imprensa está atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Moro... Imagine o que ela está deixando de revelar para VOCÊ LEIA AQUI

“Eu estava no lançamento de campanha do Paulinho Vilella a deputado quando vi o general tomando um sorvete e decidi dar a ele. Foi uma brincadeira mesmo, não imaginei que pudesse haver repercussão.”

Comentários

  • CLAUDINEI -

    Se ela estivesse dando um "goró" para o Lula, a Globolixo era capaz de exaltar a figura do presidiário, elogiando os atributos dessa bela morena e ignorando a sua questão judicial.

  • Claudia -

    O problema é o falso moralismo e o combate à criminalidade da campanha. Da panelinha Bolsonaro, pode tudo, até Alexandre Frota pode até dar aula pornô pra crianças se quiser. Hipocrisia demais!

  • Paulo -

    E daí, o Itamar soube aproveitar bem essa fama com as mulheres, porque o Mourão não pode saborear um sorvete com a morena?

Ler 235 comentários