ACESSE

Collor, de Arapiraca para o mundo

Telegram

Fernando Collor de Mello ocupou hoje os microfones da rádio Gazeta de Arapiraca para anunciar sua pré-candidatura à Presidência pelo PTC.

O senador disse à rádio alagoana que existe um “vácuo” entre os possíveis concorrentes ao Planalto, com Lula na extrema esquerda e Jair Bolsonaro na extrema direita. Aparentemente, ele pensa em preenchê-lo.

“Tenho uma vantagem em relação a alguns candidatos porque já presidi o país”, acrescentou Collor.

É a mesma “vantagem” de Dilma Rousseff, também despachada por um impeachment.

Comentários

  • Direita -

    Após a Constituição Comunista de 1988, SARNEY contribuiu para a modernização do Brasil com o fim da "conta de movimento", por meio da qual o TESOURO NACIONAL sacava dinheiro fora do Orçamento Geral, e o Banco Central creditava o BB com o Orçamento Monetário, que tinha somente DESPESAS, não tinha origem. Esta foi a fonte de toda a HIPERINFLAÇÃO do Brasil antes e pós JK. O Presidente COLLOR fez uma reforma monetária tão grandiosa quanto o REAL, mas errou no fundamental: A POLÍTICA FISCAL. O saque das poupanças foi pensado para que, já no primeiro dia útil, o Banco Central realizasse com os BANCOS leilões on line: o BC venderia a moeda nova pelos valores que o MERCADO estivesse disposto a comprar. A lógica: quem estivesse com compromissos muito urgentes compraria mais caro a moeda nova.

  • Tony -

    Collor - pres. Aécio - vice. Perrella - ministro do abastecimento.

  • Alberto -

    Acho que seria um desastre novamente. Mas se até o CONDENADO pode ser candidato por que não o Collor?

Ler 97 comentários