Collor pode virar réu

Edson Fachin liberou para julgamento da segunda turma do STF a denúncia da PGR contra Fernando Collor pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e peculato.

Rodrigo Janot acusou Collor de receber mais de R$ 29 milhões em propina, entre 2010 e 2014, por contratos ilícitos envolvendo a BR Distribuidora.

Ainda não há previsão de julgamento.

Faça o primeiro comentário