Colombia: 50 milhões de dólares em propina

Na Colômbia, a Odebrecht distribuiu mais de US$ 50 milhões em propinas a membros do governo. Dentre as obras obtidas com suborno, estão a Ruta del Sol e o Corredor Transversal de Boyacá.

No ano passado, o vice-presidente Germán Vargas Llera disse que a empreiteira brasileira seria impedida de atuar no país por 20 anos caso se confirmassem as denúncias de corrupção.

Vai cumprir a palavra?