Com base em indulto de Temer, Barroso extingue penas de ex-dirigentes do Banco Rural

Luis Roberto Barroso extinguiu as penas impostas aos ex-dirigentes do Banco Rural José Roberto Salgado e Kátia Rabello, condenados no processo do mensalão.

A decisão do ministro do STF se baseia em um indulto de Natal editado em 2017 por Michel Temer. Na ocasião, Barroso, que era contra o indulto, foi voto vencido no Supremo.

“O decreto presidencial está válido, apesar de meu entendimento contrário”, anotou Barroso na decisão.

No julgamento do mensalão, Salgado e Rabello foram condenados a 14 anos e cinco meses de prisão por lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas.

Exclusivo: os grampos da farra de Joesley Batista com os poderosos. CONFIRA

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Luciano disse:

    Eu inventaria uma tendinite na mão direita para não coonestar um indulto dessa natureza. Que vergonha...

Ler comentários
  1. Sarcástico disse:

    Faz sentido se livraram a cara dos políticos porque não as dos banqueiros?

  2. Gonçalo disse:

    Coitado do Barroso. Não tinha como não fazer isso... Cumpriu o que manda a lei...

  3. CesarB disse:

    É hora do Temer e seu capanga, coronel Lima voltarem para cadeia....!!!

  4. Luiz disse:

    Ué Barroso, e o seu discurso contra a corrupção? Então quer dizer que continua valendo à pena ser canalha, ladrão e corrupto neste país, e com anuência do STF? Socorro!!!!!!

    1. Luiz, o Chefão do esquema ficou livre, leve e solto, pelo menos no Mensalão. Assim ocorreu com os políticos envolvidos. Só Marcos Valério e esses dois banqueiros cumpriram pena.

  5. LUIZ disse:

    o único trouxa que vai cumprir pena até morrer é o marcos valério simples marionete dessa canalhada!

  6. Darci disse:

    Esse país é uma piada, um ladrão corrupto assina decreto pra perdoar criminosos, a justiça já é lenta , difícil condenar alguém por corrupção e vem um calhorda e da perdão judicial, repúbl

  7. adal_S10 disse:

    O crime organizado continua ganhando. E os políticos estão todos felizes. Brasil da impunidade. As Forças Armadas tem de começar a agir imediatamente.

  8. Ryu disse:

    E o Bolsonaro não pode reverter essas regras imbecis atuais?

  9. Renata disse:

    Um minuto de silencio pela morte da Justiça.

  10. Antonio disse:

    São as vantagens de ser banqueiro, viu?

  11. ROBERTO disse:

    O titulo ficou caprichado para livrar a responsabilidade do ministro.Embora todos saibam que extinção da pena por indulto só pode ter origem ato de um presidente da República, não importa qual mi

  12. SPA disse:

    Entendi ....E o dinheiro que desviaram , vai retornar ❔

  13. Pedro disse:

    Os pivetes tomaram 14 anos e os chefões políticos nem esquentaram o beliche. País de merrda